Entenda mais sobre o uso do deionizador de água para laboratório na fabricação de álcool em gel

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o álcool em gel tornou-se um dos produtos mais procurados pelos brasileiros. Em consequência disso, diversas indústrias, que antes não fabricavam o produto, passaram a adotar essa produção.  

Basicamente, o álcool em gel é composto por três ingredientes: álcool, água deionizada e espessante. A principal matéria-prima é o álcool 96° GL, com ajuste de pH. A proporção aproximada para fabricar 1108 litros de álcool em gel é: 

  • 8,333 ml de álcool 
  • 145 ml de espessante 
  • 10000 ml de água deionizada 

O processo de fabricação é uma simples mistura. Ao álcool, junta-se a água e o espessante. Essa mistura é agitada, para ficar homogênea e viscosa, tornando-se um gel, o que facilita a aplicação e aumenta a segurança do produto. Às vezes há a necessidade de ajustar o pH para aumentar a viscosidade da mistura. 

A água deionizada utilizada em sua fabricação trata-se de uma água quimicamente pura, na qual são removidas todas as impurezas, como microrganismos e seus subprodutos, matéria orgânica, matéria inorgânica e íons que possam interferir nos procedimentos 

Para adquirir tal resultado, a água passa por um processo que chamamos de deionização. A deionização é um método que utiliza resinas de troca iônica especiais com o intuito de remover ânions e cátions presentes em água. Nesse sistema, usa-se uma mistura de resinas de troca catiônica (H+) e aniônica (OH-).  

As micro esferas presentes nesse sistema ao entrarem em contato com a água liberam íons de H+ e OH- que estão ligadas de forma instáveis. Nesse momento ocorre a interação do cálcio (Ca2+) e magnésio (Mg2+) nas resinas de maneira estável, com isso resulta na remoção dos cátions e ânions da água. 

O equipamento utilizado nesse tipo de tratamento é o deionizador de água para laboratório. Com um excelente desempenho, garantido pela alta tecnologia utilizada no projeto de fabricação, os deionizadores de água são capazes de remover os sais minerais que estão presentes no líquido e produzir uma água quimicamente pura. 

O processo de deionização é bem simples. Primeiro, a água passa por um pré-filtro para reter as partículas. Logo em seguida, ela passa por um carbonblock para retirar o sabor, o odor e o cloro. Por último, o líquido atravessa uma coluna com resinas que adsorvem os sais contidos na água, deixando-a com alta pureza e condutividade menor que 0,1 microsiemens. 

Tipos de deionizadores 

Atualmente, existem dois modelos de deionizadores que são utilizados no mercado.  

  • Deionizador de água para laboratório 

Muito usado para análises e pesquisas em laboratórios, fábricas de bijuterias, circuitos integrados, banho de ultrassom, máquinas a vapor, galvanoplastia, entre outros, o deionizador de água para laboratório trata-se de um equipamento de pequenas vazões que produz água de altíssima pureza. A grande vantagem desse produto é o grande custo-benefício que ele apresenta, garantido pela alta tecnologia utilizada no projeto de fabricação. Para a fabricação de álcool em gel utiliza-se esse tipo de deionizador. 

Além do deionizador de água para laboratório, existe o deionizador de água para indústrias. Esse equipamento também produz água deionizada de alta pureza, porém, utilizando o sistema de troca iônica para realizar tal procedimento. Indústrias de cosméticos, vidros, eletrodomésticos, galvanoplastia, fábricas de bijuterias e metalúrgicas, são os que mais utilizam esse produto. 

Gostou do nosso conteúdo? Caso queira receber mais informações sobre a importância da qualidade da água na fabricação do álcool em gel, baixe o nosso infográfico grátis e aproveite! 

Há mais de 15 anos, a Reaton oferece soluções para tratamento de água industrial e conta com deionizador de água para laboratório de altíssima qualidade. Todos os nossos produtos possuem certificado de garantia de um ano e o melhor preço do mercado! A água deionizada Reaton é de apenas R$ 0,30/litro enquanto o litro de água destilada custa, em média, R$ 1,80. 

Entre em contato conosco e fale com um de nossos especialistas. Até a próxima. (: 

Leia também: 

Osmose reversa ou desmineralizador de água: qual a melhor opção para minha empresa?